25 de março de 2009

Projetos no Brasil e na Alemanha produzem energia limpa

Todos os dias, 600 caminhões despejam duas mil toneladas de lixo em um aterro em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife. O que é jogado fora tem muito valor para os pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco.
Eles estão transformando lixo em energia elétrica num projeto pioneiro com tecnologia 100% nacional.
Na montanha de 10 metros de altura e 36 toneladas de lixo, as bactérias se alimentam da matéria orgânica e produzem o biogás: uma mistura de metano e gás carbônico.
É justamente o metano, um gás altamente poluente que os pesquisadores estão transformando em energia. A vantagem não é apenas econômica, é uma contribuição e tanto para o meio ambiente. O aproveitamento do metano evita que ele seja despejado na atmosfera e reduz o agravamento do efeito estufa, uma das principais causas do aquecimento global.
O biogás é captado através de drenos, passa por filtros e segue para a usina experimental. O sistema é o mesmo dos carros movidos a gás. Um motor de carro popular queima o gás metano e o gerador transforma a energia mecânica em energia elétrica.
A energia produzida é suficiente pra abastecer uma vila com 150 casas. Por enquanto, garante todo o consumo do aterro sanitário.
“A idéia é transferir este conhecimento para a sociedade, pequenos municípios”, diz Felipe Maciel, engenheiro.
Já na Alemanha é em uma cidade do sul da Alemanha que esforço para conseguir energia limpa está melhorando a qualidade de vida da população.
O projeto de aproveitamento da energia que vem do sol, iniciado há 22 anos, rendeu a Freiburg a fama de cidade mais verde do planeta.
Só em uma usina dirigida por moradores são 1.780 painéis solares. Quase 400 metros de equipamentos que produzem eletricidade com energia do sol.
Detalhes simples como isolamento térmico nas paredes, janelas com vidros duplos e borrachas e um amplo sistema de circulação de ar geram uma economia de energia impressionante.
Seria possível adaptar a técnica a um país quente como o Brasil?
“É fácil, defende o criador do projeto. Um bom isolamento térmico não deixa o calor de o sol entrar. O ambiente fica fresco naturalmente, sem a ajuda de ventilador ou ar condicionado”, explica o arquiteto.
A cidade tem hoje 98 mil metros quadrados de painéis solares. A indústria ambiental emprega dez mil pessoas.
Até assistir uma partida de futebol em Freiburg pode ser ecologicamente correto. Enquanto os torcedores estão de olho no campo, o estádio tem uma função bem diferente. O telhado é a prova de que qualquer lugar pode ser uma mini-estação de energia.
A boa relação com a natureza está estampada nas ruas de Freiburg. O meio de transporte mais comum por aqui é a bicicleta. São 500 quilômetros só de ciclovias. No centro da cidade, há mais vagas para bicicletas que para carros. Em algumas áreas veículos sequer entram.
Quem tem carro compra uma vaga de estacionamento, o que custa mais de R$ 40 mil. É uma forma de estimular o uso do transporte coletivo.
*Minha opinião sobre o assunto:
Esse projeto é muito importante ao meio ambiente, porque esses gases antes iriam para a atmosfera e agora estão realmente gerando energia, o que é um benefício duplo aplicado nessa cidade e que poderia se expandir pelo mundo, justamente pela necessidade de um ambiente melhor para vivermos.
NATALIA RIBEIRO PEREIRA

UMA BELA ROSA

A admirar estou,
uma rosa que me encantou.
Seus galhos têm espinhos
que me fazem temer.
Suas pétalas são vermelhas
e me fazem querer...
Não é simplesmente uma rosa,
é parte do meu dia que se completou,
é algo raro que me alegrou.
Ao entardecer ainda estarei ali a admirar,
espero que não perca sua beleza,
e continue a me alegrar.


Gabriella Burin Roland

22 de março de 2009

PARA OBSERVAR A LINGUAGEM REGIONAL OU GEOGRÁFICA..... hehehehehe

Tipos de assaltantes brasileiros
ASSALTANTE NORDESTINO Ei, bichim... Isso é um assalto... Arriba os braços e num se bula num se cague e num faça munganga.... Arrebola o dinheiro no mato e não faça pantim se não enfio a peixeira no teu bucho e boto teu fato pra fora ... Perdão meu Padim Ciço, mas é que eu tô com uma fome da moléstia ...
ASSALTANTE MINEIRO Ô sô, prestenção... isso é um assarto, uai ... Levanta os braço e fica quetin quesse trem na minha mão tá cheio de bala... Mió passá logo os trocados que eu num tô bão hoje Vai andando, uai! Tá esperando o que, uai!!
ASSALTANTE GAÚCHO Oooo guri, ficas atento ... Bah, isso é um assalto ... Levantas os braços e te aquieta, tchê! Não tentes nada e cuidado que esse facão corta uma barbaridade, tchê. Passa os pilas pra cá! E te manda a la cria, senão o melão vai queimar.
ASSALTANTE CARIOCA Seguiiiinnte, bicho... Isso é um assalto ... Passa a grana e levanta os braços rapá ... Não fica de bobeira que eu atiro bem pra daná... Vai andando e se olhar pra trás vira presunto.
ASSALTANTE BAIANO Ô meu rei...(longa pausa) Isso é um assalto... (longa pausa) Levanta os braços, mas não se avexe não...(longa pausa) Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado ... Vai passando a grana, bem devagariiiiinho (longa pausa) Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado ... Não esquenta, meu irmãozinho, (longa pausa) Vou deixar teus documentos na encruzilhada...
ASSALTANTE PAULISTA Ôrra, meu ... Isso é um assalto, meu .. Alevanta os braços, meu ... Passa a grana logo, meu... Mais rápido, meu, que eu ainda preciso pegar a bilheteria aberta pa comprar o ingresso do jogo do Curintia, meu.... Pô, se manda, meu ...
ASSALTANTE DE BRASÍLIA Querido povo brasileiro, estou aqui no horário nobre da TV para dizer que no final do mês, aumentaremos as seguintes tarifas: Energia, Água, Esgoto, Gás, Passagem de ônibus, IPTU, IPVA, Licenciamento de veículos, Seguro Obrigatório, Gasolina, Álcool, Imposto de Renda, IPI, CMS, PIS, COFINS ... mas não se preocupe, somos PENTA

16 de março de 2009

ATIVIDADE 3 - >>>> AVALIATIVA << >> VALOR 10 PONTOS <<<<

QUERIDOS ALUNOS, esta atividade é sobre OS PERIGOS da INTERNET!!!!

Para realizá-la vocês deverão seguir as etapas:

ETAPA 1. ler sobre o assunto nas diversas mídias, conversar com familiares, professores, amigos etc., pedindo opinião e discutindo o assunto.

ETAPA 2. escrever um pequeno texto ( 10 linhas no máximo), emitindo ponto de vista sobre o assunto.

ETAPA 3. enviar o texto para o email de Língua Portuguesa até sexta-feira, dia 20 de março, impreterivelmente!!

OBSERVAÇÕES: a formatação do texto deverá ter: Fonte Times New Romam, tamanho 12. No assunto do email, escrevam o nome de vocês e o título: Perigos da Internet. O trabalho é individual. A data de envio não será prorrogada!!!!

Ótimo trabalho!!!!
Beijo da Mariléia

15 de março de 2009

ATIVIDADE 2


Ler o capítulo 5 do livro: páginas 76, 77, 78, 79 e 80
Responder no caderno as atividades das páginas 82, 83 e 84.

Tenham uma ótima semana e lembrem de revisar os conteúdos em casa, estamos estudando os NÍVEIS DE LINGUAGEM OU MODALIDADES LINGUÍSTICAS OU VARIANTES LINGUÍSTICAS!

Um beijo em cada um!
Professora Mariléia

11 de março de 2009

COISA DE PRIMEIRO MUNDO!!!!


Agora a moda é, em vez de ser enterrado em um caixão, ou ser cremado, virar diamante após a morte.Ao custo de alguns milhares de euros e graças a uma sofisticada transformação química, uma empresa suíça agora garante ao falecido reservar seu lugar na eternidade sob a forma de um diamante humano.Na Suíça, a empresa Algordanza recebe a cada mês entre 40 e 50 urnas funerárias procedentes de todo o mundo.

'Quinhentos gramas de cinzas bastam para fazer um diamante, enquanto o corpo humano deixa uma média de 2,5 a 3 kg depois da cremação', explica Rinaldo Willy, um dos co-fundadores do laboratório onde as máquinas funcionam sem interrupção 24 horas por dia. Ou seja, cada defunto pode gerar uns 5 diamantes, ou mais, dá para distribuir para toda família. Os restos humanos são submetidos a várias etapas de transformação. Primeiro, viram carbono, depois grafite. Em seguida são expostos a temperaturas de 1.700 graus, finalmente se transformam em diamantes artificiais num prazo de quatro a seis semanas. Na natureza, o mesmo processo leva milênios.Uma vez obtido, o diamante bruto é polido e talhado na forma desejada pelos familiares do falecido para depois ser usado num anel ou num cordão.Já pensou poder levar seu ente querido, depois da morte, em um colar ou anel? Se perguntarem sobre o falecido você vai poder dizer: 'Ele é uma joia'.Se roubarem o diamante é que é o problema, você vai ter que gritar: 'Roubaram o defunto, pega ladrão'!O preço desta alma translúcida oscila entre 2.800 e 10.600 euros, segundo o peso da pedra (de 0,25 a um quilate), o que, segundo Willy, vale a pena, já que um enterro completo custa, por exemplo, 12.000 euros na Alemanha. A indústria do 'diamante humano' está em plena expansão, com empresas instaladas na Espanha, Rússia, Ucrânia e Estados Unidos.

NÍVEIS DE LINGUAGEM/MODALIDADES LINGUÍSTICAS/VARIANTES DA LINGUAGEM

LINGUAGEM é a faculdade que o homem tem de expressão e comunicação por meio da fala, da escrita, dos gestos, etc.
Cada povo exerce essa capacidade através de um determinado código linguístico, isto é, utilizando um sistema de signos distintos e significativos denominado LÍNGUA ou IDIOMA. A língua é, por excelência, o veículo do conhecimento humano e a base do patrimônio cultural de um povo.
A utilização da língua pelo indivíduo denomina-se FALA. Esta surge da necessidade humana de comunicar-se.
A comunicação linguística, ou seja, a linguagem se realiza através de expressão oral ou escrita. A língua, por não ser imutável, apresenta vários NÍVEIS, VARIANTES ou MODALIDADES, pois está sujeita ao tempo, espaço geográfico, emissor, receptor, destinatário, escolaridade, profissão, assunto, ambiente, etc.

1. Linguagem Comum: é a língua-padrão do país, aceita pelo povo e imposta pelo uso.

2. Linguagem Regional: é a língua comum, porém com tonalidades regionais na fonética e no vocábulo, sem, no entanto, quebrar a estrutura comum. Quando se quebrar essa estrutura, aparecerão os dialetos. Antenor Nascentes, em seu livro O idioma Nacional, admite a existência de quatro subdialetos no Brasil(na classificação Língua Regional): o nortista, o fluminense, o sertanejo e o sulista. O linguajar de uma região, com seus modismos e peculiaridades, é frequentemente retratado pelos escritores regionalistas em suas obras. Veja alguns exemplos de vocábulos empregados em diferentes regiões do Brasil: aipim, mandioca ou macaxeira; bergamota ou tangerina, mosquito ou pernilongo; torrada ou misto-quente; roça, lavoura ou campo; menino, guri, piá ou rapazola.

(De acordo com as diferenças socioculturais, temos as Linguagens: Culta ou Formal, Coloquial ou Informal, Popular ou Vulgar.)

3. Linguagem Culta ou Formal: é a usada pelas pessoas instruídas, orienta-se pelos preceitos da gramática normativa e caracteriza-se pela correção e riqueza vocabular. É a modalidade empregada nos discursos, nos documentos oficiais, na legislação, nos livros didáticos, na correspondência comercial, na ficção etc. Porém, esse tipo de expressão vêm apresentando modificações, geralmente introduzidas pelos meios de comunicação. Exemplo: Declaração Universal dos Direitos Humanos - Artigo III -“Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal..”

4. Linguagem Coloquial ou Informal: é a linguagem do dia-a-dia, usada em família, entre amigos, nos meios de comunicação, em mensagens publicitárias, em crônicas, etc. É a fala espontânea do povo. Não obedece rigidamente as normas gramaticais. Exemplo: Heloísa, nós vamos fazer um jantar, você quer dar uma mãozinha?

5. Linguagem Popular ou Vulgar: é também uma fala espontânea do povo, só que crivada de plebeísmos, isto é, expressões vulgares, grosseiras, redundantes(pleonasmo vicioso), palavrões e gírias; é tanto mais incorreta quanto mais inculta a camada social que a usa. Exemplo: A gente somos inútil!!!! Fala aí, mano! Qualé qui é a tua?

(Quanto às diferentes formas de expressão, a linguagem pode ser:)

6. Linguagem Falada: utiliza apenas signos vocais, a expressão oral; é mais livre, comunicativa e insinuante, pois as palavras são subsidiadas pela sonoridade e inflexões da voz, pelo jogo fisionômico, gesticulação e mímica; é prolixa. Exemplo: Alô! Oi, mãe! Tô te ligando pra avisar que vou chegar um pouco mais tarde hoje, tá? Um beijo! Tchau.

7. Linguagem Escrita: é o registro formal da língua(daí a dificuldade que muitos apresentam ao passar a linguagem falada para a linguagem escrita), a representação da expressão oral, utiliza-se de signos gráficos e de normas expressas; não é tão insinuante quanto a falada, mas é sóbria, exata e duradoura. Exemplo: Mãe, hoje chegarei um pouco mais tarde. Beijo. Ana

8. Linguagem Literária: é a língua culta em sua forma mais artificial e criativa, usada pelos poetas e escritores em suas obras. Exemplo: “Lá na rua em que eu pensava, tinha uma livraria bem do lado da farmácia. Todo mundo ia à farmácia comprar frascos de saúde. E depois ia do lado, pra comprar liberdade.” Mário Quintana

Não se pode classificar os níveis de linguagem como “certos” ou “errados”.
Ainda que alguns jamais dominem o nível culto, não deixarão de comunicar-se bem. Outros precisam expressar-se de acordo com um padrão linguístico mais elevado devido ao tipo de profissão e ambiente em que vivem. O JARGÃO, por exemplo, é a linguagem típica de um grupo de profissionais que utiliza expressões e siglas próprias, como médicos, advogados, economistas. Exemplo: Senhor Cliente, o prazo para pagamento do IPVA foi prorrogado até o dia 15 de maio.
A GÍRIA é uma linguagem especial usada por certos grupos sociais, pertencentes a uma classe ou profissão( estudantes, marginais, surfistas, etc.). O uso de tal linguagem impede que estranhos tomem conhecimento do assunto tratado.
Exemplo: Ok! Então é só isso: uma Pepsi e um Xis? - Gírias usadas por um motorista de táxi que realizava tele-entrega de drogas em Porto Alegre. Pepsi significando cocaína e Xis, crack.






A MAIOR!!!!

A MAIOR PALAVRA DA LÍNGUA PORTUGUESA É:

PNEUMOULTRAMICROSCOSSILICOVULCANONIÓTICO


DOENÇA RARA PROVOCADA PELA ASPIRAÇÃO DE CINZAS VULCÂNICAS


;)

ERRATA

TELE-ENTREGA OU TELENTREGA
.
.
A palavra TELE-ENTREGA – pela REFORMA ORTOGRÁFICA - é grafada COM HÍFEN!!! Assim como MICRO-ONDAS.
Regra: usa-se hífen nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na MESMA VOGAL com que se inicia o segundo elemento: auto-observação, anti-imperialismo, anti-inflacionário, anti-inflamatório, arqui-inimigo, contra-ataque, proto-orgânico, re-eleger, semi-interno, sobre-erguer, supra-auricular, ultra-aquecido, eletro-ótica, micro-onda, micro-ônibus, etc.

AS DUAS FORMAS VÁLIDAS: TELENTREGA E TELE-ENTREGA

10 de março de 2009

DICAS DE VÍDEO: COMO FAZER, COLOCAR NA INTERNET...

http://videodebolso.utopia.com.br/

O que chamamos de "Vídeo de Bolso" pode ser assim resumido:


a) produção feita a partir de filmadoras caseiras, máquinas fotográficas digitais, celulares, scaneamento de imagens, download e remixagem de material na web;
b) edição do material com software no computador, com edição das imagens, do som, eventual dublagem ou legendagem, letreiros, geralmente com sofware livre mas não obrigatoriamente;
c) o vídeo pronto não deve exceder 5Mb, nem tampouco ter mais de 60 segundos de duração, sendo o ideal algo abaixo da metade disso, dependendo do gênero;
d) publicação do material em blogs, videologs, You Tube e semelhantes, envio por e-mail em attach, envio por mensagens MMS de celular a celular, ou ainda bluetooth ou infravermelho entre celulares ou PDAs, compartilhamento por softwares peer-to-peer;
e) quanto às temáticas, podem ser microdocumentários, microficções, videoarte, animações, remixagens de trechos de filmes e outros materiais, abordando conteúdos políticos, sociais, humorísticos etc.

8 de março de 2009